James May e os carros híbridos

08-Toyota-Prius-640x428

Estou sentado aqui mordendo a ponta do meu lápis há cerca de duas horas e imaginando se realmente sei do que estou falando. Se não estiver, espero por uma mensagem de vocês.

Não sou um engenheiro, e nem afirmaria ser um físico, apesar de Sir Isaac Newton ter morado na minha casa. Ou pelo menos imagino que tenha morado, já que partes dela ficam caindo na minha cabeça. Apesar disto, e após muita contemplação, estou pronto para declarar que carros híbridos são uma digressão. Uma digressão verde.

Os híbrido são aqueles carros movidos por uma combinação de um motor a combustão interna convencional e um motor elétrico. Às vezes, o motor elétrico move as rodas; às vezes, é o motor a combustão que faz isso. Outras vezes são os dois, e em outras vezes diferentes (na maioria dos sistemas) o motor elétrico pode funcioanr como um gerador e recarregar a enorme bateria.

Se tudo isso é um tanto desconcertante, você precisa experimentar o mais badalado dos carros elétricos, o Toyota Prius, onde um display numa tela no painel mostra o caminho da energia e a função de cada parte do sistema a qualquer momento. Realmente é um divertimento bem cativante, e se estiver com sorte poderá ver a luz da razão antes de acertar a traseira do carro à sua frente.

Até que eu gosto do Prius. Gosto do desenho e do interior bem-cuidado e espaçoso. Inclusive até gosto de dirigi-lo e, de uma maneira perversa, gosto do desafio daquele “videogame” on-board, que também premia você com uma espécie de sistema de pontos ao dirigir economicamente. É um carro interessante. No entanto, mesmo no seu papel amplamente reconhecido como o salvador da Humanidade, ele me parece ser um completo contra-senso.

O que me incomoda é a maneira como todos dizem que o Prius é “movido por gasolina e eletricidade”. Apesar de estar tecnicamente correto, isso é um equívoco. A eletricidade não é uma fonte de energia como gasolina e diesel, ou carvão, ou lenha, ou acendedores de carvão vegetal vendidos nos postos de gasolina, ou os movimentos das ondas, ou o vento, ou mesmo o Sol, que no fim das contas é a fonte de tudo. A eletricidade é apenas um meio de transferir energia. O Prius pode ser movido a gasolina e eletricidade, mas ele é abastecido apenas com gasolina.

Toda a eletricidade no Prius tem que vir da queima da gasolina. E teria outra maneira? Apenas para fazê-lo andar, precisa abastecê-lo com gasolina como qualquer outro carro. Não tem como abastecer o Prius normal com eletricidade.

Os defensores dos híbrido irão indicar que parte da potência elétrica do Prius vem da “frenagem regenerativa”: a conversão da energia cinética do carro – seu movimento – através do motor/gerador em mais carga para a bateria. Isto soa como um bônus.

Mas não é preciso passar muito tempo no laboratório para perceber que não se pode ter qualquer coisa por nada na Física. A eletricidade pode ser gerada através da frenagem se o carro estiver em movimento e, como já estabelecemos, o carro híbrido move-se primeiramente apenas queimando um pouco de gasolina.

Não, me desculpem, mas o Prius e toda sua família são todos carros a gasolina ou a diesel. O princípio do sistema híbrido – e, sendo justo, um princípio que a Toyota reconheceria – é que o motor elétrico e seus artifícios simplesmente melhoram a eficiência do motor a combustão interna que conhecemos e amamos. Isto é bom se você gosta de economia ou se estiver sofrendo com alguma culpa inapropriada sobre o consumo de combustíveis fósseis. Mas você ainda está usando-os, e com os carros híbridos eles ainda irão acabar eventualmente, assim como o papel higiênico sempre acaba, mesmo sendo radicalmente econômico no seu uso.

Isto é o que me incomoda nos carros híbridos. Não que eles são complicados demais, pesados demais, caros demais e, a longo prazo, provavelmente difíceis de manter, mas que eles estão ajudando a propagar noções totalmente erradas sobre a maneira que devemos utilizar nossas reservas de petróleo.

O tipo de pessoa que defende os híbridos são aquelas que dizem que queimar gasolina é uma coisa ruim, que as emissões detonam o cilma e afogam ursos polares, que o negócio do petróleo causa guerras, corrompe a economia global e está no cerne do imperialismo corporativista, etc.

Então, por que eles estão tentando prolongar a existência do petróleo do mundo? Com certeza, a solução é comprar um Bentley velho, abastecê-lo com gasolina e queimá-la o mais rápido possível.

Quanto mais cedo fizermos isso, mais cedo engenheiros de verdade e físicos serão forçados a inventar algo melhor.

Fonte: The Telegraph (Janeiro/2006)
Tradução: John Flaherty

Toda Terça-Feira, traremos artigos escritos por James May, falando sobre vários tópicos, quase todos sobre carros. Fiquem ligados.

Sobre johnflaherty

Meu nome é Sadao H. Konno, mas sou mais conhecido como "John Flaherty". Por quê? Porque sim, uai! Desde criança, eu gosto de carros, tanto que minha lembrança mais antiga dessa época é de uma capa da antiga Audi Magazine. Nunca fui muito de ler os grandes clássicos da literatura, mas o que me salvou foram as revistas especializadas em carros. Mais precisamente, a QUATRO RODAS, a MOTOR SHOW e, recentemente, a AUTO ESPORTE. Acho que foi em 2009 que descobri o Top Gear, e desde então, virei um grande fã da trupe formada pelo Jezza, Hamster, Capitão Lerdo e Stig. Em 2010, inspirado por uma amiga da faculdade, decidi começar a legendar vídeos do Top Gear e postá-los no YouTube. Infelizmente, minha conta foi bloqueada pela BBC, mas agora, ofereço suporte ao blog Top Gear BR.

Publicado em 08/11/11, em James May, Matérias traduzidas, News e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 15 Comentários.

  1. Concordo em uma certa parte com o May, ok os carros hybridos ñ são totalmente verdes e ainda usam combustível fóssil, mas ñ deixa de ser uma evolução.

  2. muito bom o texto,embora eu ao contrário do May odeie o prius…
    só pra ajudar,no 12° parágrafo,na segunda linha tá com uma falha,está escrito uam em vez de mas!

  3. thejudge70

    Perfeito. Apesar do tom satírico, e que pela lógica se todo o resto do combustível fóssil for queimado de uma vez, não vai ter mais planeta nenhum pra salvar, a última frase faz algum sentido. Será que não temos tecnologia pra nada melhor que um triste Prius? Esse sim é o fim da humanidade. Ou será que com o antigo e lucrativo negócio do petróleo, sendo hoje um barril muito mais caro do que antigamente, e se aliando ao marketing do que é “verde” é legal, não seria uma bela estratégia?

  4. Esse daí foi um dos melhores. O James entende bem, o Jeremy fala sem pensar duas vezes.

  5. Dinossauro Bebedor de Gasolina

    concordo totalmente… vou fazer minha parte e queimar o maximo possivel de gasolina a cada acelerada… esperar com o carro ligado no estacionamento so por causa do ar.. 🙂 ja existe tecnologia alternativa como muitos aqui ja devem ter visto no proprio tg o honda eletrico movido a nitrogenio que e abastecido em postos *com nitrogenio normalmente (e nao carregando 20 hrs na tomada como tambem visto no tg) o problema e a falta de interesse em desenvolver essa tecnologia (e outras) com a desculpa que eh cara.. pois vai doer no bolso de quem manda no planeta ,, ou seja… eu nao vou mudar nada na minha vida ou gastar mais dinheiro e como petrolhead que sou vou gastar o maximo de gasolina enquanto posso kkkk

    carros eletricos carregaveis via tomadas ou hibridos nao sao nada mais que simbolo de status.. e so pensar um pouco pra ver de onde vem a energia eletrica (principalmente na europa que nao e conhecida por uso de hidroeletricas) e da propria gasolina/diesel para os hibridos .. isso sem entrar no merito do elementos usados nas baterias q sao extremamente nocivos ao meio ambiente .. quer economia? compra um 1.0 flex

    • Thiago Fernandes

      Não é por nada, mas você estragou todo o comentário ao dizer que flex é economico =/
      todo mundo aqui sabe que não é ; )

      • Dinossauro Bebedor de Gasolina

        realmente qd citei o 1.0 flex nao foi no sentido de funcionamento (se fosse citaria um diesel) e sim de custo/beneficio afinal o alcool e menos poluente que a gasolina.. e qt a economia.. vamos levar em conta que o prius venha pro brasil ao preco q ta sendo vendido na argentina 85 mil reais.. da pra comprar um 1.0 flex a uns 35 mil …. 50 mil reais pra colocar gasolina/alcool se isso nao e economia 😉

    • No fim das contas, não tem muito jeito não.
      Já parou pra imaginar como é o sistema de produção do hidrogênio?
      Demanda um caminhão de energia pra se obter um arroto de gás. E essa energia vem de uma termelétrica queimadora de carvão. É correr ou ficar pro bicho comer.

      A única energia limpa, de verdade mesmo, é a solar, que no fim das contas é a única energia do mundo.

  6. Não sou fã do Prius, mas existem uns híbridos legais, como o Ford Fusion, Lexus CT200h, Porsche Panamera, BMW X6, etc. Já passou a época em que híbridos tinha que ter design – e desempenho – ruins.

  7. Esses caras são mitos, a visão que eles tem não somente sobre carros mas sobre tudo é incrível. Cada vez fico mais fã desses 3.

    Abraço.

  8. @richardoficiall

    episódios no blog nunca mais 😥

  9. Michel Franco

    “A eletricidade é apenas um MEOO de transferir energia. O Prius pode ser movido a gasolina e eletricidade, mas ele é…”
    acredito que seria MEIO e alguem apertou o “O” 2 vezes.
    Shit happens.
    texto incrivel!

  10. com as normas e etc que existem hoje os carro poluem infinitamente menos… os ecochatos deveriam focar nos aviões, navios e grandes industrias, elas que cagam o planeta….
    elas só falam de carros porque é mais facil convencer alguns a deixar o carro em casa do que uma empresa gigante reformular sua produção e etc…

    Tava lendo outro dia que uma viagem de avião de SP até Miami gera a mesma poluição que um Uno produz depois de ter rodado 45mil KM!!!!!!

    []s

  11. Shinigami

    Texto muito velho… e muito atual. Realmente quem é contra emições e não tem dinheiro pra comprar um Fisker ou um Tesla, tem que andar de bicicleta e não num Prius. Hibridos são nada mais do que versões economicas de carros já existentes.
    Não que eu seja contra, mas temos que ter consciência que não é simplesmente porque fazem hibridos que estão salvando o mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: