TopGear.com: Alguns dos mais estranhos carros do rali Dakar

670x377Image
Rolls Royce Corniche

Em 1981, alguém ficou um tanto louco. Mais especificamente, Thierry de Montcorgé – ele apostou com amigos que poderia correr no rali Paris Dakar com um Rolls Royce. E ganhou a aposta com isto – uma versão cupê do mesmo carro que serviu ao James tão bem na Índia.

Mas o carro de Montcorgé era um pouco mais leve. A carroceria pesava só 80kg (era uma versão do original porém feita em poliéster), tinha uma estrutura tubular feita sob medida, sistema 4×4 de Land Cruiser e um V8 5.7 Chevrolet.

Apesar de ter sido desclassificado devido a reparos que demoraram muito para serem concluídos, o Rolls de rali terminou a prova.

670x377Image
Mercedes-Benz 450 SLC

Deparando-se com um concessionário Mercedes em 1984, todos os carros expostos, seria normal que você escolhesse como base para preparar o seu bólido do Dakar, um utilitário da classe G. Mas Jochen Mass e Albert Pfuhl não. Ambos foram de cara no cupê de perfil baixo SLC. Um V8 de 4.5 litros.

Desnecessário dizer que ao invés de servir como uma luva, o SLC, apesar dos esforços, não se deu bem com os buracos do deserto. Mass terminou em 62º lugar e Pfuhl conseguiu o 44º lugar.

Ambiciosos demais.

670x377Image
Citroen DS

O piloto francês Bertrand Roncin não foi tão tolo em correr com um DS no Dakar em 1981. Se a robusta suspensão hidropneumática do Citroen podia absorver um campo arado na manha, por que não o deserto africano?

Ele estava certíssimo – o carro adaptado foi até o fim da prova, mesmo tendo sido montado num fundo de quintal. Claro que foram feitas algumas modificações – a suspensão foi elevada, o curso encurtado em 70 cm e os fluidos originais trocados por óleo de motor.

670x377Image
Porsche 959

Unir superesportivos e areia é uma coisa impensável. Mas a Porsche tinha uma estratégia – eles queriam utilizar o seu 959 numa corrida para desenvolver a tecnologia de tração integral para o modelo de rua.

Só isso não seria má idéia. Eles começaram com o desenvolvimento de três carros em 1985 mas ao invés dos motores bi turbo, pegaram o 3.2 litros aspirado de 230 cavalos do 911 Carrera. Todos os três abandonaram por problemas mecânicos.

No ano seguinte eles voltaram com três carros que estavam próximos das especificações de produção – levaram a primeira, segunda e quinta colocações. Conseguiram.

670x377Image
Renault 4

Pegue uma grande parte da África e coloque um Renault 4. Em seguida, tente ir rápido. Parece burrice, né?

Não é.

Este “Renaultzinho” foi usado pelos irmãos Claude e Bernard Marreau, e acabou levando o segundo lugar no evento de 1979.

Culhões. Estes caras tinham muito.

670x377Image
BMW Série 1

Não. Este não é um protótipo de BMW X1 saindo do forno. Isto pertence a um francês lunático chamado Pascal Boutet e foi construído para competir no Rally Dakar de 2008.

Percebe-se que não é uma Série 1 normal – por baixo da carcaça de fibra de vidro, há uma mecânica 4×4 de primeira e um seis-cilindros BMW diesel de 3 litros.

Velocidade máxima? 183 km/h por hora na areia. Nós também queremos um, por favor.

670x377Image
Peugeot 405

Pode ficar de queixo caído. Este é, sem dúvida, o Peugeot 405 mais maneiro que você já viu na face da Terra.

Além de estrelar o melhor vídeo do YouTube em todo o Universo, também se mostrou muito bom durante o Dakar. O insano carro com um motor central de 400 cavalos venceu o rali em 1989 e 1990.

Nós realmente queremos um deste, por favor.

670x377Image

Jules Proto 6×4

Esta coisa é a soma de muita esquisitice. Foi patrocinada pela fragrância Jules de Christian Dior (tal como o Rolls Royce off-road), tinha seis rodas, um motor Chevrolet 350 V8, câmbio Porsche, tração integral e seis rodas.

Ele correu na prova de 1984 e abandonou após o chassi quebrar. Pena.

670x377Image

Jaguar XJ6

Isto. É. Demais. É um velho Jaguar XJ6 capenga com um motor V8 Rover e um chassi de Range Rover.

Ele correu em 2002 pela equipe holandesa Amtra Concepts. E nós os saudamos.

670x377Image

Lamborghini LM002

Tá legal, esse de certa forma não conta – o off-road da Lamborghini nunca largou no Paris Dakar. O que é uma pena, pois tinha um monte de equipamentos bem legais.

Tinha um motor ajustado com 600 cavalos, escape de livre fluxo, suspensão preparada e os vidros foram trocados por plexiglass, mais leves. Entretanto, a Lamborghini ficou sem dinheiro e cancelou o projeto. É, realmente um bando de estraga-prazeres.

Tradução: Wagner Suhadolnik
Fonte: Top Gear

Anúncios

Sobre johnflaherty

Meu nome é Sadao H. Konno, mas sou mais conhecido como "John Flaherty". Por quê? Porque sim, uai! Desde criança, eu gosto de carros, tanto que minha lembrança mais antiga dessa época é de uma capa da antiga Audi Magazine. Nunca fui muito de ler os grandes clássicos da literatura, mas o que me salvou foram as revistas especializadas em carros. Mais precisamente, a QUATRO RODAS, a MOTOR SHOW e, recentemente, a AUTO ESPORTE. Acho que foi em 2009 que descobri o Top Gear, e desde então, virei um grande fã da trupe formada pelo Jezza, Hamster, Capitão Lerdo e Stig. Em 2010, inspirado por uma amiga da faculdade, decidi começar a legendar vídeos do Top Gear e postá-los no YouTube. Infelizmente, minha conta foi bloqueada pela BBC, mas agora, ofereço suporte ao blog Top Gear BR.

Publicado em 14/01/12, em História, Matérias traduzidas, News e marcado como , . Adicione o link aos favoritos. 19 Comentários.

  1. Só caranga massa! Gostei do 6×4, já vi uns vídeos de carros desse tipo no youtube. E o da lamborghini ali parecia ter futuro. xD

  2. Felipe Sampaio

    Hahaha, Renault 4, isso que é coragem, eu só iria de Bowler Nemesis xD!!

  3. No texto do 6×4 repete 2 vezes que tem 6 rodas, tirando isso, tudo nos conformes xD

  4. Muito bom o post, o Série 1 parece muito bom.

    PS.: o mural de avisos ficou muito bom, estou ansioso pelo especial Índia. Até amanhã.

  5. 1. Acochambrar um Chevy V8 num Rolls Royce é uma heresia sem tamanho. O cidadão que fez isso deve estar até hoje queimando no fogo do inferno.
    2. Esse Lambo LM002 usava o mesmo V12 do Countach… duvido muito que aguentasse o rally inteiro no pau.

  6. Pelo que parece a Jules só patrocina projeto maluco, vou apresentar meu projeto de Uno Dakar para eles xD, Unera preparadão 4×4 com um motor V8 xD

  7. Peço para que façam um outro Upload do Especial América do Sul é um dos que eu mais assisto ai fica travando com aquele servidor .

  8. faltou o lada niva

  9. QUÉ ISSO JOVEM ATÉ COLOQUEI QUÉ PQ TA MUITO ESQUISITOOOO

  10. jaislan pf me passe +ou- a hora q vcs vão mandar o especial da india pq to a mais de 4 HORAS dando F5 pra ver qd q vcs mandam to desesperado pf me passe

  11. jaislan, não teria como já publicar a legenda separada do especial da india ao inves de esperar upar no megavideo? desde já, obrigado.

  12. Toda vez que fala em Paris-Dakar, me lembro do Ari Vatanen de Peugeot nos anos 80. Teve um ano que a vantagem dele era tão grande, que ele escolhia um lugar para parar e jogar golf no deserto, mas roubaram o carro dele em um hotel e não encontraram o carro a tempo, uma pena.

  13. Será que o Jag terminou a prova?
    Duvido muito, mas foi bem ambicioso… Se realmente conseguiram merecem uma medalha!

  14. Excelente artigo, gostei de relembrar a história dos 4×4, ou 4×6 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: