Powerslide Tupiniquim

Mercedes-Benz-C63-AMG-Coupe-powerslide-1024x640

Texto: GermanioBR

Assistindo o Top Gear estes dias, vendo pela enésima vez o Jeremy Clarkson gritando “POWER!!!” e saindo de lado na curva, fritando pneus e desaparecendo no meio da fumaça como um ninja, me peguei comparando a pilotagem dele com os pseudos programas automobilísticos que temos em terras tupiniquins. Todos eles, sem exceção, tem algum piloto de corridas apresentando, mas nunca vemos exibicionismo ou um teste levado ao limite. E um pneu cantando é quase uma heresia.

E aí me perguntei: E teria como?

Até onde sei, powerslide (fazer uma curva com os pneus patinando) é algo que só ocorre em carros com tração traseira. Partindo deste principio, me peguei pensando nos carros brasileiros que poderiam nos dar o prazer de queimar borracha de lado nas curvas da vida. O primeiro que me veio à cabeça foi o Camaro. Mas é importado, custa uma babada e o seguro seria totalmente proibitivo para um teste exibicionista.

Hummm, precisava parar de sonhar, deixar de lado os importados caros e focar nos produzidos aqui. Pra facilitar o trabalho, resolvi incluir os importados de preço “acessível”, vendidos em concessionárias espalhadas pelo país, e que na maioria são considerados “muito mais modernos” que os carros fabricados aqui. Resolvi então começar com eles, e fui direto aos importados da moda:

Hyundai? Nem… sem falar que 90% deles são dirigidos por manés que fariam o manézômetro do Top Gear ir pro espaço. A Kia, bem, tenho um treco toda vez que vejo um Picanto na rua e mesmo assim, nenhum deles tem. A Toyota, talvez? Uma montadora de dois carros? Acho que não…

A Nissan! Bem, lá fora tem esportivos maravilhosos de tração traseira, e pra nosso desespero, o 370Z é vendido na Argentina nas concessionárias, mas pra nós, só um Micra SR (aqui chamado de March, e diabos, toda vez que pronuncio esse nome, lembro daquele episódio das cataratas do Niágara do Pica-Pau) com um poderoso 1.6 do Clio. Sem chance.

Ah! Tem os Chineses…

…Deixa pra lá.

Claramente, os importados “acessíveis” não iriam nos salvar, então, resolvi partir para as 4 pioneiras em solo verde-amarelo. Fui direto à Fiat, montadora de origem italiana, a pátria-berço das maiores paixões automobilísticas e do carro com alma. Nenhum. Da Ford, a criadora do Pony-Car e de alguns dos Muscle Cars mais amados da história, o Landau e o Maverick já eram faz tempo e nada realmente bom veio no lugar.

Daí pensei, a Chevrolet é claro! Opala, Chevette…. Não… Infelizmente o último suspiro da tração traseira por estas bandas foi o Omega nacional nos anos 90. Agora estão preocupados demais fazendo carros estranhos na exclusiva cor prata.

Foi então que recorri a maior fabrica de chassis e motores traseiros da história do Brasil: Volkswagen. Nas décadas de 60, 70 e 80 eles equiparam boa parte dos carros de série – e praticamente todos os foras de série – que saíram da linha de alguma linha de montagem ou fabriqueta de fundo de quintal nesse nosso louco rincão!

Fusca, Brasilia, Karmann Ghia, TL, Variant, Zé do Caixão, SP2, Puma, MP Lafer, Miuras e Bugues de todos os tipos. Se for continuar contando, irá faltar post. Todos nós em algum momento da vida amamos algum carro com motor traseiro refrigerado a ar fabricado pela fábrica do “Carro do Povo”. E… Claro! Puxa vida! Como não lembrei disto antes! O primeiro carro da marca montado no país! O que praticamente carregou o Brasil inteiro dentro dele. O carro mais antigo ainda em produção por aqui!

Sim! Chame todos os seus amigos (duvido que tenha mais de 11) e saia fazendo powerslides por aí numa Volkswagen Kombi! Mas se apresse. Com a obrigatoriedade do ABS e do Air-Bag chegando em 2014, nossa velha guerreira de tração traseira dará o último suspiro (Junto com os maledetos Mille e Celta, graças à Deus!), e, enfim, ficaremos órfãos de powerslides de vez.

E você amigo leitor do Blog? Acha que estamos carentes de pilotagens exibicionistas? De carros de tração traseira? Ou acha que a Kombi devia ser tombada como patrimônio histórico e cultural e impedida de ser retirada de linha? Afinal, tentaram fazer isso com o Funk, e ele tem menos molejo que ela!

Deixe sua opinião pra gente nos comentários!

Sobre johnflaherty

Meu nome é Sadao H. Konno, mas sou mais conhecido como "John Flaherty". Por quê? Porque sim, uai! Desde criança, eu gosto de carros, tanto que minha lembrança mais antiga dessa época é de uma capa da antiga Audi Magazine. Nunca fui muito de ler os grandes clássicos da literatura, mas o que me salvou foram as revistas especializadas em carros. Mais precisamente, a QUATRO RODAS, a MOTOR SHOW e, recentemente, a AUTO ESPORTE. Acho que foi em 2009 que descobri o Top Gear, e desde então, virei um grande fã da trupe formada pelo Jezza, Hamster, Capitão Lerdo e Stig. Em 2010, inspirado por uma amiga da faculdade, decidi começar a legendar vídeos do Top Gear e postá-los no YouTube. Infelizmente, minha conta foi bloqueada pela BBC, mas agora, ofereço suporte ao blog Top Gear BR.

Publicado em 30/08/12, em Equipe TGBR, News e marcado como . Adicione o link aos favoritos. 18 Comentários.

  1. penso nisso desde pqeueno , me pergunto pq os carros dos filmes fazem powerslide de monte , e aqui os carros são todos manuais e tração dianteira , com muito pouco motor , ou sem nem um (acima de 3.0).

  2. Parabéns pelo texto!! Muito realista e direto!!

  3. da pra fazer um “powerslide” com um carro de tração dianteira, tiff needell mostra como:

    agora pra fazer fumaça mesmo, a melhor opção são as bmws e36 328: tração traseira, 193cv, distribuição de peso 50-50, só a manutenção que é cara, mas como segundo carro é uma boa.

    • joao alberto

      328i e36 manual, é o carro dos meus sonhos ainda terei uma mesmo que seja só para final de semana, pois a manutenção é puxada mesmo tem que gostar do veiculo para não esquentar a cabeça na hora de comprar as peças.

  4. pedroscsant

    Até gostei to texto, concordo que falta um carro no Brasil que siga o manual Lotus de ser. Barato de construir, usa uma mecânica consagrada no mundo todo, leve, pequeno, esportivo e com motor na traseira. Podiam fazer algo parecido aqui usando nossos APs. Mas Powerslide de kombi? Sem a parte do power né?

  5. Acho que a esperança já morreu, pois se nem a revista FullPower, faz powerslide com os carros das matérias, ou melhor, raramente ligam os carros, nos vídeos….rsrs só nos resta mesmo, os antigão, opala, omega, aí só teria que mudar o título: OldPowerslide…rs

  6. Cara quando chove eu me divirto de CN Towner uahuahuaha, no calçamento dá pra brincar um pouco, no asfalto força um pouco mas sem fumaça :p. John o motor do March 1.6 não é o K4M, é um motor Nissan mesmo. Só o 1.0 usa o D4D, q é mesmo da renault. Falando em VW agora, já viram os Gol que tem no Parque Beto Carreiro? Não sei o que tem por baixo, mas é tração traseira e bem forte.

    • germaniobr

      Fala Alisson…
      Fui eu quem fiz o texto😀

      Pois é, confundi os motores.. mas pra fins de comparação dá na mesma.
      Uma vez eu namorava uma garota e o pai dela tinha uma daquelas picapes à diesel da Peugeot com tração traseira… era divertido, principalmente no calçamento😀

      Quanto aos Gol do Beto Carreiro, quase nenhum é normal. Os de acrobacias são tração traseira, caixa de chevette e AP de 450cv cada. Na verdade, só a casca é original.
      O único praticamente original é o que faz o loop, pois precisa apenas chegar aos 80 km/h pra garantir que não caia.

  7. zoiosilva

    Hein… A Chevrolet ainda fabrica a S10, que tem uma versão FR flex. Dá pra fazer alguma coisa com aquilo?

    • germaniobr

      Capotar, acho hauhauhauhauah

      Na verdade nem considerei as picapes… mas a intenção do texto foi só mostar que não temos opções… não há um sedã, um coupé ou hatchback com tração traseira no mercado nacional hoje…

      Falando nisso, ontem li uma reportagem que no domingo, a Kombi fez 55 anos de produção… é o carro atualmente à mais tempo em produção sem parada no mundo… e somos nós que temos esse dinossauro ahuahuaha

      • É… carro aqui no Brasil é tão caro e sobrecarregado de imposto que fica dicícil. Dei mais uma olhadinha por aí, e descobri no site da Chevrolet que além do Camaro, o Omega também é FR. Só que o Omega custa 161 mil e o Camaro 203 mil. Só me resta jogar GT5. Hahahahahahaha.

        P.S.: Parabéns pelo artigo!

  8. achei vendo o episódio novamente dos carros fabricados na British Leyland e pensei , podemos fazer um especial brasileiro , com o carro mais conhecido aqui do brasil , o nosso querido Gurgel … barato , sustentável , e todo mundo irá gostar !!! e ai ?

  9. Powerslide… Kombislide… Tomboslide

  10. John_Connor

    é realmente o Brasil carece de carros com Tração Traseira…
    é uma pena….
    se pelo menos a Mazda Importasse o MX-5 (Miata)….
    então o que nos resta são carros como Opala, Maverick, Chevette e Omega, entre outros classicos…
    no caso de importados novos, o mais barato é o Omega Fittipaldi

  11. kkkkkkkkkkkkk,só otario compra carro novo
    o braçil importa carro novo pra outros paises pela metade do preço

    nunca comprarei um carro novo

    to feliz da vida com meu maverick e terei um dia pra fazer o powerslide,kkkkkkk

  12. Gente… já swf não tah das Mairiporã fazer fazer Power slide vamos varais vara drift de rua!!!

  13. Gente… já que não dá mais para fazer Power slide vamos partir para o drift de rua!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: